Avaliação psicológica – A sua importância nos dias de hoje

importancia-avaliacao-psicologica-psiworks

A avaliação psicológica é um procedimento pelo qual um psicólogo especializado recolhe informações sobre o paciente através de exames e entrevistas, a fim de avaliar o funcionamento e as habilidades do paciente em determinadas áreas e, por sua vez, prever como será o seu comportamento no futuro.

A avaliação psicológica é realizada para que o paciente aprimore o conhecimento sobre si mesmo.

Em que consiste uma avaliação psicológica?

  • A avaliação psicológica é realizada através de: entrevista, testes psicométricos, registos e observações.
  • Entrevista e teste psicométrico: as informações do paciente são recolhidas em diferentes aspetos da sua vida, analisando por um lado a entrevista e por outro a atitude que esta pessoa mostra: a maneira como fala, o tom, a ordem da sua fala…
  • Registos e observações: são os dados que o psicólogo obtém como resultado das perguntas feitas na entrevista. Os registos são as ferramentas utilizadas pelo especialista para recolher informações. São úteis ao preparar a intervenção de psicoterapia.

Existem dois tipos de entrevistas, dependendo do objetivo pretendido nesta fase.

  • Estruturado: é uma bateria de perguntas com uma seleção de respostas fechadas.
  • Não estruturada: caracteriza-se pelo uso de perguntas abertas que permitem que o indivíduo fale mais.

 Por que são feitas avaliações psicológicas?

As avaliações psicológicas são realizadas para que o paciente aprimore o seu conhecimento sobre si mesmo, favorecendo assim a sua tomada de decisão em relação ao trabalho, família, vida social e conjugal.

Recomenda-se que o paciente compareça a uma sessão prévia à avaliação com o psicólogo para ter um primeiro contacto com ele.

Qual é a sensação durante a avaliação psicológica?

O paciente pode apresentar algumas alterações de humor ao longo da avaliação psicológica, pois, durante a mesma, são abordados assuntos muito pessoais do paciente.

Dependendo do tipo de resultado obtido na avaliação, o psicólogo submeterá o paciente a um tipo de tratamento ou outro, sempre escolhendo o mais favorável e eficaz para o mesmo.

A importância da avaliação psicológica

Quando um paciente começa a frequentar as sessões de psicologia, uma das fases iniciais do processo será a avaliação psicológica. 

A avaliação consiste em explorar e esclarecer o que está a acontecer com a pessoa.
O que está a acontecer agora? 

  • Como chegou até onde está atualmente?
  • Que experiências influenciaram o problema?
  • Qual é a gravidade do que está a acontecer consigo?
  • Sob quais circunstâncias o problema apareceu?
  • O que faz quando o problema aparece?

Estas e outras perguntas são básicas para entender o que está a acontecer agora. Ser capaz de nomear e identificar o que está a acontecer será um dos passos mais importantes da terapia, pois orientará o tratamento a ser seguido.

psicoterapia o que é

Instrumentos de avaliação

Assim como quando uma pessoa está com dor no ombro e quando vai ao hospital faz um raio-X para ver se aquela dor é fruto de uma rotura ou não, quando alguém vai ao psicólogo o profissional também tem de fazer um ” raio-X emocional” para saber o que está a acontecer com o paciente.

Para isso, o psicólogo utilizará tanto entrevistas e testes de avaliação geral quanto instrumentos de avaliação mais específicos. 

Os instrumentos que o profissional utilizou devem ser testes ou entrevistas confiáveis, válidos e padronizados. 

Análise funcional

A análise funcional é o teste mais confiável da avaliação psicológica. Significa olhar não apenas para a sintomatologia do paciente, mas também prestar muita atenção em como este problema está a apresentar-se neste momento.

A sintomatologia depressiva numa criança não tem nada a ver com a de um adolescente, com um adulto ou depressão numa pessoa de 83 anos. 

Numa boa avaliação psicológica, será necessário não apenas saber o diagnóstico do que do paciente, mas também saber como ele está a apresentar-se e como aquele paciente específico está a vivenciar a experiência.

A missão da análise funcional será descobrir estes detalhes. Esta ferramenta permitirá saber em que circunstâncias a sintomatologia ocorre e em quais não, como o paciente a vivencia e a expressa, além de saber por que estes sintomas estão a ocorrer.

Avaliação psicológica, a base do tratamento

A combinação de ambos os procedimentos, avaliação através de entrevistas, testes e análise funcional será a principal tarefa do psicólogo ao lidar com um novo paciente.

Esta avaliação será o pilar fundamental que norteará o tratamento e a intervenção. A avaliação psicológica também estará presente durante o tratamento para poder verificar como os sintomas evoluem.

Para que serve a avaliação psicológica?

Este tipo de avaliação permite-nos obter uma grande variedade de informação através da aplicação de procedimentos básicos e fiáveis ​​que nos permitirão estabelecer as linhas de trabalho.

Desta forma, de acordo com as avaliações emitidas sobre as informações disponíveis numa ou em várias esferas, podem ser tomadas as decisões que forem convenientes em cada caso e, assim, poder-se começar a trabalhar com mais eficiência.

Cada profissional escolhe o método com o qual se sente mais à vontade para trabalhar. 

Que passos devo dar para encontrar um psicólogo?

Como vemos, trabalhar como psicólogo ou encontrar um bom profissional, às vezes não é uma tarefa fácil. Aqui estão algumas chaves que podem ajudá-lo a encontrar o melhor apoio nestes tempos difíceis:

  • Procure sempre um psicólogo qualificado, com formação em Psicologia e que esteja registado na ordem dos psicólogos.
  • Certifique-se de que ele está habilitado e qualificado como Psicólogo Clínico ou Psicólogo da Saúde.
  • Certifique-se de que o seu espaço de trabalho reúne as condições necessárias para que possa desenvolver as consultas de forma segura e privada.

Pergunte em qual área o psicólogo é especializado (por exemplo: comportamento alimentar, crianças, casais, etc.) e se a corrente teórica que segue é baseada em evidências científicas.

  • Uma vez iniciada a sessão, não hesite em perguntar a duração aproximada do tratamento, a metodologia que vai utilizar ou porque lhe dá uma determinada tarefa ou exercício.

 

Se não se atreveria a operar sem um médico que fizesse exames básicos de saúde, como análises sanguíneas ou raio-X, confiaria a sua saúde mental a alguém que não o avaliou corretamente?

A importância de confiar a sua saúde a profissionais qualificados pode fazer a diferença entre solucionar ou agravar os seus problemas.

+ posts

Se gosta deste artigo Partilhe

Deixe-nos o seu número de telefone e nós iremos contactá-lo!

Mais artigos para explorar

sindrome-de-burnout-homem-com-um-ar-esgotado-esmagado-por-solicitacoes.jpg

Síndrome de Burnout

Síndrome de Burnout – Stress Laboral Crónico “Burnout” é um estado de exaustão física, mental e emocional causado por ‘stress’ excessivo e prolongado. Ocorre quando

Ler Artigo »

Deixe o seu comentário (Facebook)