Reumatologia – Afinal o que é? Quais as causas e como ter ajuda

reumatologista

Antes de começar a definir reumatologia, deve-se notar que, falamos de reumatismo para nos referirmos ao conjunto de desconfortos ou dores relacionadas ao sistema musculosquelético.

Assim, falamos de reumatismo quando uma pessoa sofre de algum tipo de distúrbio que afeta o seu sistema musculosquelético. O sistema musculosquelético está ligado a mais de uma centena de doenças diferentes. A reumatologia é a especialidade responsável por estudar as doenças que acometem o sistema musculosquelético, bem como as doenças autoimunes sistêmicas.

As doenças reumáticas mais comuns são artrite, osteoartrite, lombalgia, osteoporose e reumatismo de partes moles.

 

Veja a seguir algumas definições:

  • Artrite: inflamação das articulações, que incham causando dor e perdendo a mobilidade. As mais conhecidas são artrite reumatoide e gota.
  • Osteoartrite: há lesão da cartilagem, que degenera progressivamente. A mobilidade é gradualmente perdida.
  • Dor lombar: de origem desconhecida, embora às vezes seja causada por uma hérnia de disco.
  • Osteoporose: devido à falta de dureza ou resistência nos ossos, aparecem fraturas nos mesmos.
  • Reumatismo de partes moles: são doenças dos tendões, bursites, miopatias musculares e miosites…

Prognóstico de reumatismo

As doenças do sistema musculosquelético formam um conjunto complexo e diversificado de patologias. As doenças reumáticas são altamente prevalentes, e estima-se que afetem uma em cada cinco pessoas, que sofrerá algum tipo de desconforto físico. 

O prognóstico das principais doenças reumáticas é o seguinte:

  • Artrite: evolui de três formas possíveis. Por um lado, há a artrite aguda, que aparece num único surto, que pode durar dias ou meses. Após o surto, a doença desaparece. A artrite cíclica é a mais comum e abrange até sete em cada dez casos, alternando períodos saudáveis ​​e surtos.
  • Artrite progressiva: a doença evolui progressivamente, não abranda e a deterioração é contínua.
  • Osteoartrite: progressivamente, a osteoartrite afetará cada vez mais o sistema musculosquelético.
  • Dor lombar: é um desconforto contínuo que atinge cerca de 70% da população.
  • Osteoporose: Se não for tratada, pode tornar a pessoa incapaz de andar e levar uma vida normal.

Sintomas de reumatismo

A sintomatologia do reumatismo é bastante controlada. O sintoma mais comum é dor e inchaço nas articulações. Os principais sintomas são:

  • Dor
  • Inchaço
  • Rigidez e dificuldade de movimentação
  • Vermelhidão e aumento da temperatura da área afetada
  • Aparecimento de nódulos nas articulações
  • Sensação de exaustão ou cansaço
  • Febre
  • Falta de apetite
  • Irritabilidade

A deteção precoce é essencial, pois o diagnóstico de doenças reumáticas antes que a doença atinja o osso pode impedir a sua disseminação.

reumatologista

Exames médicos para diagnosticar reumatismo

Para diagnosticar o reumatismo, não são necessários exames complexos. De facto, um exame físico, um exame de sangue e um exame radiológico são muitas vezes suficientes.

Quais são as causas do reumatismo?

As causas do reumatismo são desconhecidas, embora se saiba que em alguns casos esta doença é adquirida por antecedentes genéticos.

Porém, fatores ambientais, como frio, traumas emocionais, acidentes, infeções, podem contribuir para a o aparecimento da doença.

O reumatismo pode ser prevenido?

O reumatismo ou doenças reumáticas podem causar tensão nos músculos, deformar a coluna e até inflamar órgãos internos. Existem várias maneiras de tentar evitar doenças reumáticas:

  • Caminhar pelo menos um quarto de hora por dia, mas evitar atividades físicas que causem stress.
  • Evitar o frio.
  • Evitar o uso excessivo de força das mãos.
  • Sentar-se corretamente.
  • Dormir de oito a dez horas por dia.
  • Evitar estar acima do peso.
  • Fazer uma dieta adequada.
  • Comer alimentos que combatem o reumatismo: alimentos com quercetina, como cebola, cereja, chá, mirtilo ou frutas cítricas. Alimentos com vitamina D, como gema de ovo, fígado e peixe.
  • Evitar laticínios, excesso de açúcar e sal e produtos glicosilados avançados.

Tratamento para reumatismo

Atualmente não há tratamento ou cura definitiva para doenças do sistema musculosquelético. A intenção do tratamento é parar a progressão da doença. Dependendo da condição que causa o reumatismo, o tratamento é dividido em três partes.

  1. Alívio da dor: através de analgésicos. Anti-inflamatórios não esteroides. Aplicação de frio para combater a dor.
  2. Redução da inflamação: a aplicação de corticosteroides —apesar dos seus efeitos colaterais— pode aliviar a inflamação.
  3. Reduzir os danos: através de fisioterapia e exercícios, a mobilidade é preservada. Portanto, os exercícios de fisioterapia são importantes para manter a mobilidade do sistema musculosquelético.

A alimentação é importante no combate ao reumatismo, pois é necessário nutrir e limpar o sangue. 

  • Alimentos recomendados: frutas cítricas, vegetais verdes, grãos integrais, sumo de frutas, cebola, peixes oleosos.
  • Alimentos a evitar: doces, bebidas alcoólicas, gorduras saturadas, farinhas refinadas, carnes vermelhas, batatas.
Médico reumatologista observando um paciente com doença reumática

Que especialista trata o reumatismo?

O seu médico ou outros especialistas médicos ou profissionais de saúde podem tratar artrite e outras doenças reumáticas. Vários profissionais de diferentes especialidades podem estar envolvidos no tratamento ao mesmo tempo. Esta abordagem de equipa multidisciplinar é particularmente importante na gestão dos sintomas da doença reumática, especialmente porque muitos sintomas são crónicos e variam em gravidade ao longo do tempo.

Alguns dos profissionais comumente envolvidos no tratamento de artrite e outras doenças reumáticas podem incluir:

Médico de família

Um médico de família tem formação especializada em medicina geral e familiar. Embora o seu médico de família possa tratar ou diagnosticar a sua condição, ele também pode encaminhá-lo para um especialista.

Reumatologista

Um reumatologista é um médico especializado no tratamento de artrite e outras doenças reumáticas que podem afetar as articulações, músculos, ossos, pele e outros tecidos. A maioria dos reumatologistas tem formação em medicina interna ou pediatria e recebeu formação adicional na área de reumatologia. Os reumatologistas são especialmente formados para identificar muitos tipos de doenças reumáticas nos seus estágios iniciais, incluindo artrite, muitos tipos de doenças autoimunes, dores musculosqueléticas, distúrbios do sistema musculosquelético e osteoporose. 

Cirurgião ortopédico

O médico especializado em cirurgia ortopédica é chamado de cirurgião ortopédico ou ortopedista. Os ortopedistas são formados para trabalhar com o sistema musculosquelético, incluindo (mas não limitado a) diagnosticar uma condição ou distúrbio, identificar e tratar uma lesão, reabilitar uma área ou função afetada e estabelecer um protocolo de tratamento e prevenção para inibir danos adicionais à área afetada ou componente do sistema musculosquelético.

Fisioterapeuta

A fisioterapia é a profissão médica que se concentra nos sistemas neuromuscular, musculosquelético e cardiopulmonar do corpo humano, pois estes sistemas relacionam-se com o movimento e a função humana.

Os fisioterapeutas são membros muito importantes no tratamento de problemas reumáticos. Eles avaliam e tratam pessoas com problemas de saúde resultantes de lesões, doenças ou esforço excessivo de músculos ou tendões.

Os sintomas da artrite e de outras doenças reumáticas podem ser semelhantes aos de outras condições e problemas. Peça sempre um diagnóstico exato ao seu médico.

 

Psiworks
Website | + posts

Se gosta deste artigo Partilhe

Deixe-nos o seu número de telefone e nós iremos contactá-lo!

Mais artigos para explorar

Imagem do artigo do blog da Psiworks sobre Psiquiatria em Lisboa

Psiquiatria em Lisboa

Psiquiatria em Lisboa Decidimos elaborar um artigo mais abrangente sobre a situação da Psiquiatria em Lisboa. Abordaremos os diferentes tipos de cuidados psiquiátricos disponíveis na

Ler Artigo »